Windows Live Messenger + Facebook

terça-feira, 19 de abril de 2011

A ÁRVORE DOS PROBLEMAS

Um homem que contratou um carpinteiro para ajudá-lo a arrumar algumas coisas na sua fazenda, mas, o primeiro dia dele foi bem difícil. O pneu da seu carro furou. A serra elétrica quebrou. Cortou o dedo. E ao final do dia, o seu carro não funcionou.

O fazendeiro ofereceu-lhe uma carona para casa. Durante o caminho, ele não falou nada. Quando chegaram à sua casa, o carpinteiro convidou-o para entrar e conhecer a sua família.

Ao adentrarem o quintal, o carpinteiro parou diante de uma pequena árvore e gentilmente tocou as pontas dos galhos com as duas mãos.

Depois, entraram na sua casa, e ele se transformou. A expressão tensa do seu rosto foi substituída por um grande sorriso, e ele abraçou e beijou seus filhos e a esposa.

Depois de apresentar a família, ele acompanhou o fazendeiro até o carro. Ao passarem pela árvore, o homem perguntou:
- Porque você tocou nesta árvore antes de entrar em casa?

- Ah! esta é a minha Árvore dos Problemas. Eu sei que o meu trabalho tem seus aborrecimentos, como outro qualquer, mas eles não precisam chegar até os meus filhos e minha esposa. Então, toda noite, eu os deixo pendurados nesta árvore. Assim, eu e minha família nos livramos de sofrer por causa deles. E quer saber de uma coisa? De manhã, quando venho pegá-los, parece que eles diminuiram. Já não são tão grandes como eram quando eu os deixei aqui.

E, com uma boa dose de humor, concluiu: - Acho que o orvalho da noite os faz encolher.

O choro pode durar uma noite; pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo. Salmo 30.5

pr.iloir@gmail.com