Windows Live Messenger + Facebook

sábado, 22 de maio de 2010

O batismo nas águas

O fato de Jesus ter estabelecido o batismo nas águas como uma ordenança fica claro na Grande Comissão, como registro por Mateus e Marcos (Mt 28:19;Mc 16:16). O próprio Jesus deixou um exemplo para a sua igreja, sujeitando-se a ser batizado pelo seu precursor, João Batista(Mt 3:13-17). Pedro repetiu este mandamento do batismo em seu sermão no Dia de Pentecostes(At 2:38,41). Através de todo o livro de Atos, os apóstolos observaram a ordenança, batisando seus convertidos:Atos 8:12;8:36-38;9:18;10:47,48;16:15;16:33;18:8;19:5,6;22:16. O sentido espiritual do batismo nas águas é ensinado nas epístolas (Rm6:3;1Co10:2;Gl3:27).

1 - O método do batismo nas águas é por imersão.

Isto pode ser visto no significado da palavra grega baptizo, que indica claramente imergir, além da admissão de eruditos cujas igrejas praticam a aspersão, e pela descriçao bíblica da maneira como Jesus foi batizado no rio Jordão.

2 - A fórmula para o batismo nas águas é claramente estabelecida na Grande Comissão como "em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo"

As declarações sobre ser batizado "em nome de Jesus" omitem a fórmula mais longa e enfatizam o batismo cristão como sendo distinto do batismo de joão.(Mt 28:19Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;).


Pastor Iloir Silva
pr.iloir@yahoo.com.br