Windows Live Messenger + Facebook

domingo, 28 de novembro de 2010

A Unidade que Agrada a Deus

Deus quer que seus seguidores sejam unidos. Quando Jesus se preparou para sua própria morte, uma das primeiras coisas em sua mente foi a unidade dos seus discípulos: "Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra; a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste" (João 17:20-21). Aqueles que querem glorificar a Deus incentivarão esta unidade entre os crentes: "Assim, pois, seguimos as cousas da paz e também as da edificação de uns para com os outros" (Romanos 14:19). Como servos de Deus em comunhão com o Espírito Santo, deveremos trabalhar humildemente para manter a unidade: ". . . completai a minha alegria, de modo que penseis a mesma cousa, tenhais o mesmo amor, sejais unidos de alma, tendo o mesmo sentimento. Nada façais por partidarismo ou vangloria, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo. Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros" (Filipenses 2:2-4). Paulo deu a fórmula prática para esta paz quando escreveu à igreja dividida em Corinto: "Rogo-vos, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis a todos a mesma cousa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no mesmo parecer" (1 Coríntios 1:10).

Crer que a unidade é importante é uma coisa. Praticá-la é outra. Neste artigo, examinaremos alguns esforços para manter a unidade de maneiras que Deus não aceita. Então consideraremos a base da unidade que agrada a Deus.


Pastor Iloir Silva
pr.iloir@yahoo.com.br

Esforços Humanos para Manter a Unidade

Algumas vezes, pessoas bem intencionadas estão tão preocupadas em manter a unidade que usarão qualquer método ­ incluindo os meios que Deus nunca aprovou ­ para preservar uma união artificial. Considere alguns exemplos de esforços humanos que Deus não aprova.

Unidade por legislação humana. Muitas igrejas impõem regras para manter a unidade na congregação. Convenções, congressos e conferências são usados freqüentemente como meios de estabelecer e manter normas de doutrina e prática, tentando assim criar e manter a unidade entre as congregações. A Bíblia nunca autoriza tais métodos humanos.

Unidade por estrutura de organização humana. Muitos grupos religiosos procuram manter a unidade criando hierarquias de autoridade denominacional. Grupos de congregações que têm "sedes" ou outros laços estão seguindo o esquema humano. No Novo Testamento nunca há nem sinal de uma igreja supervisionando outra. Cada congregação era totalmente independente e responsável diante de sua cabeça, que é Cristo. Deus nunca ordenou papas, bispos, presidentes ou quem quer que seja para supervisionar múltiplas congregações. Os únicos supervisores humanos aprovados por Deus são os presbíteros (também chamados pastores e bispos) que cuidam da igreja local onde estão (Atos 14:23; Filipenses 1:1; 1 Pedro 5:1-2).

Unidade por meio de placas de igrejas. Ainda que a Bíblia não use um único nome especial para descrever igrejas, muitas pessoas tentam manter ligações entre congregações por meio de placas. Estas pessoas pensam que todas as igrejas que seguem Jesus deverão usar o mesmo "nome" para que possam ser imediatamente identificadas como fiéis. Como resultado desta mentalidade, algumas igrejas adotaram nomes que ressaltam algum ponto doutrinário especial (Batista, Pentecostal, Presbiteriana, etc.). Outros usam nomes que honram pessoas respeitadas como fundadores das respectivas denominações (Luterana, Wesleyana, etc.). Algumas vezes o nome por si pode ser bom. Pode ser uma descrição simples do fato que o grupo designado busca seguir o Senhor (igreja de Deus, igreja de Cristo, etc.). Não há problema bíblico com o uso de tais descrições, mas precisamos lembrar que elas não são marcas registradas que identifiquem os verdadeiros servos de Deus.

Unidade pelo método de Diótrefes. Um dos mais velhos métodos humanos de manter "unidade" foi praticado por um homem chamado Diótrefes. Este homem queria um lugar de primazia entre seus irmãos, e decidiu-se a expelir da igreja quem quer que não o seguisse. Ele se via como "dono da igreja" e usou várias acusações falsas e palavras maliciosas para afastar e manter fora aqueles que estavam pregando a verdade. Ele não permitiria nem mesmo que a igreja recebesse coisas escritas por fiéis servos de Deus! Seus esforços para proteger seu próprio partido eram prejudiciais à causa de Cristo. João não se intimidou com tal carnalidade. Ele escreveu a este arrogante servo de Satanás: "Por isso, se eu for aí, far-lhe-ei lembradas as obras que ele pratica, proferindo contra nós palavras maliciosas. E, não satisfeito com estas cousas, nem ele mesmo acolhe os irmãos, como impede os que querem recebê-los e os expulsa da igreja. Amado, não imites o que é mau, senão o que é bom. Aquele que pratica o bem procede de Deus; aquele que pratica o mal jamais viu a Deus (3 João 10-11).

Pastor Iloir Silva
pr.iloir@yahoo.com.br

A Base da Unidade que Agrada a Deus

Conquanto os métodos humanos para manter a unidade possam parecer práticos e eficientes, os verdadeiros seguidores de Jesus procurarão manter a unidade do modo que ele nos ensina nas Escrituras. Consideremos alguns textos importantes que nos auxiliarão a entender o que Jesus quer que façamos.

n João 17:17-23. A oração de Jesus mostra a base da unidade que agrada a Deus. União com Deus requer santificação do pecado do mundo (João 17:17-19). É irônico, mas importante, entender que a unidade requer divisão! Se quisermos estar unidos com Deus e seus servos, precisamos não manter comunhão com Satanás e seus servos. Santificação e harmonia vêm pela palavra de Deus (João 17:17, 20-21). Nossa unidade tem que ser modelada pelo exemplo divino. O Pai e o Filho são pessoas distintas, mas concordam em tudo o que dizem e fazem. Os cristãos, portanto, buscam desenvolver a mente de Cristo através do estudo de sua palavra para que possam aprender a pensar como Deus pensa (1 Coríntios 2:9-16). A relação amorosa entre cristãos serve como evidência para o mundo que nosso Senhor veio do Pai (João 17:21-23).

n 1 Coríntios 1:10. O apelo de Paulo mostra que a palavra revelada é a base de nossa unidade. Nossa união é baseada em Jesus Cristo. Quando seguimos cuidadosamente sua autoridade em tudo o que fazemos, evitamos as divisões que vêm das opiniões, doutrinas e esquemas humanos (Colossenses 3:17). Os cristãos deverão falar a mesma coisa. Isto não justifica meios artificiais para impor uniformidade no ensino das igrejas, mas antes nos desafia a buscar entender e ensinar exclusivamente a doutrina de Cristo (1 Coríntios, 4:6; 2 João 9). O discípulos deverão ter a "mesma disposição mental". A humildade desprendida de Jesus é nosso exemplo perfeito (Filipenses 2:1-8; Romanos 12:9-10, 15-18). Os seguidores de Cristo precisam desenvolver o "mesmo parecer". Enquanto opiniões humanas criam contenda e divisão, a vontade perfeita de Cristo incentiva completa harmonia entre os irmãos. Para conseguir este "mesmo parecer", precisamos ser bastante humildes para abandonar as opiniões e tradições humanas, para assim ensinar e praticar somente o que é autorizado no Novo Testamento.

n Tiago 3:17-18. O comentário de Tiago nos recorda as prioridades corretas que deveremos buscar. A sabedoria divina "é, primeiramente, pura; depois, pacífica . . . ." Cometemos um erro terrível quando invertemos esta ordem. Algumas pessoas estão tão decididas a manter a paz que se esquecem da necessidade de defender a doutrina pura. Freqüentemente até ridicularizarão aqueles que insistem no estudo cuidadoso e aplicação do ensino do Novo Testamento, declarando que estão mais preocupadas com o amor e a unidade. Mas o amor real obedece aos mandamentos de Jesus (João 14:15) e a unidade real é baseada na concordância com suas palavras (1 Coríntios 1:10). Quando somos fiéis a Cristo, estamos seguros da comunhão com ele e com seus verdadeiros seguidores (1 João 1:5:7). Deveremos incentivar a paz, porém não ao preço da verdade. Se formos forçados a escolher entre a pureza da doutrina de Cristo e a paz com nossos irmãos, precisamos por Deus em primeiro lugar. É melhor estar próximo de Deus e longe dos homens do que estar perto dos homens e longe de Deus. A unidade que Deus quer está entre Deus e seus servos obedientes (João 14:23) e, em conseqüência, entre os irmãos que servem o esmo Deus (1 Coríntios 1:10).


Pastor Iloir Silva
pr.iloir@yahoo.com.br

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

A Importância da Oração na Madrugada

" Eu amo os que me amam, e os que de madrugada me buscam, encontram. Pv 8:17 "


É incrível como é difícil convencer pessoas a orarem de madrugada, mesmo sendo tão claro quando a Bíblia diz no versículo acima:...Os que de madrugada me buscam me acharão.
Temos vários exemplos de pessoas abençoadas por DEUS e quase todas elas tinham o hábito de orar de madrugada. O próprio Jesus tinha este costume, por diversas vezes ele esteve orando de madrugada com e às vezes sem os seus discípulos.
(Tendo – se levantado alta madrugada, foi para um lugar deserto e ali orava.
Mc 1: 35).
Moisés por diversas vezes esteve orando no monte, tanto é que os 10 mandamentos foram dados a Moisés no Monte, onde esteve por 40 dias e 40 noites. Moisés também esteve durante seis dias no monte em consagração, descrito em Êxodo. 24:13ss (Corrigido por Felipe Ferreira)
Quando Moisés desceu do monte Sinai após ter estado lá durante 40 dias e noites, trazia em suas mãos as tábuas (pedras) com os dez mandamentos, a pele de seu rosto resplandecia por haver DEUS falado com ele. Ex. 34; 28, 29.
Moisés foi o único homem descrito na Bíblia que “viu a face de DEUS” e permaneceu vivo (entre os homens). Após Moisés ter falado com o povo, cobriu seu rosto com um véu devido à reação do povo em presenciar tanta glória.
O sentido real e mais correto de se orar no monte não é de que DEUS habita no monte, pois ELE habita em nós através de seu Santo Espírito como podemos ler em 2Tm. 2: 14.
...Guarda o bom deposito mediante o Espírito Santo que habita em nós. Más o sentido correto é fazer como Jesus fazia, se retirava para um lugar deserto para orar, afim de que seu momento de oração fosse mais íntimo com o Pai. É o dever de todo crente crescer na graça e no conhecimento. 2 Pe 3: 18.
Visto a situação da humanidade hoje, é feito por bem, procurar um lugar afastado da cidade para orar, para isto temos lugares consagrados em chácaras, sítios e outros lugares.
No tempo dos nossos irmãos (Personagens Bíblicos), não se via problemas em orar perto de suas casas, em seus pomares, plantações e até mesmo em cima de suas casas, pois quase todas as pessoas faziam quartos nos telhados para orarem; havia até ruas em cima de suas casas que faziam com que se locomovessem de um lugar para outro sem precisar descer ao chão. Hoje, temos além de muitas leis que perseguem o povo de DEUS, temos uma principal lei que esta batendo de frente com os seguidores de Cristo que é a lei do silêncio, que proíbe qualquer tipo de som em altura para eles elevada, isto significa. Qualquer som que ultrapasse o volume da voz humana normal (sem microfone). E esta lei torna-se mais rígida se for após as 22 horas, e sabemos que como o versículo chave diz: “de madrugada”, refere-se á depois de 00h00min horas. Aí vai falar alguém assim:
Ah! Eu oro em casa. Ou: DEUS está em casa também, e até dizem assim: DEUS não quer sacrifício e sim um coração puro! A Bíblia não diz que DEUS é açougueiro, eu pelo menos nunca achei este versículo. Eu sei que DEUS quer um coração puro dentro de um corpo santificado, sem preguiça, obediente e que não olhe para esforços e sim para os seus resultados.

SALMO 24: 3-5
3 – Quem subirá ao monte do SENHOR? Quem há de permanecer no seu santo lugar?
4 – O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente.
5 – Este obterá do SENHOR a bênção e a justiça do Deus da sua salvação.
Gostaria de poder ouvir que DEUS operou milagres nas nossas casas, más infelizmente esta não é a realidade em nossos dias, devido às mordomias da nossa geração, cada vez mais a adoração verdadeira no culto e até a oração no lar está entrando em extinção.
Todo crente tem obrigações, o Senhor nos deixou muitos mandamentos (cerca de 600 entre mandamentos e ordenanças) e ao mesmo tempo deixou milhares de bênçãos (cerca de 22.000) descritas na Bíblia. Tomemos posse primeiramente dos mandamentos para que com eles nos sobrevenham as bênçãos de DEUS descritas na sua viva e eficaz Palavra.
Resumo: Orar no monte é o mesmo que Jesus, Moisés e muitos outros faziam, Jesus mandou sermos seus imitadores. Se formos taxados de loucos e outros tantos nomes mais por imitá-lo nisto, será que estamos sendo seus imitadores nas demais coisas? Será que os que nos taxam estão sendo seus imitadores nestas e nas demais coisas? Será que Jesus também foi taxado na sua época? Ficam estas perguntas no ar para pensarmos.
Objetivo: Buscar e receber poder, pois quem busca acha.
Resultados: vasos cheios, dons distribuídos aos homens, curas, maravilhas, respostas entre outras coisas.
DEUS pode e quer operar em qualquer lugar, tanto em sua casa, no trabalho na igreja e demais lugares, para isto para você deve reservar um tempo para ELE em oração, em jejum, na leitura da Bíblia e em outras formas bíblicas das quais vocês se sentir bem.
Meu objetivo com esta não é “atacar” você meu irmão e irmã em Cristo, e sim atacar àquele que coloca dúvidas em nossos corações (o diabo), este sim este totalmente derrotado e já foi julgado e condenado.
Este é meu ponto de vista destas coisas que aqui escrevo, usei como base a vida de Jesus e Moisés nos seguintes livros: Êxodo, Provérbios, Mateus, Marcos.
Examine todas as coisas mediante a palavra de DEUS, pois nela há verdadeira sabedoria. Após examinar, retenha o bem.
Glórias a DEUS. Amém.


Pastor Iloir Silva
pr.iloir@ahoo.com.br

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O ovo de Colombo

Esta velha e conhecida história tem ultrapassado os séculos e levado a formar a expressão de "O Ovo de Colombo":

Conta-se que em uma ocasião, Cristóvão Colombo foi convidado para um banquete onde lhe haviam designado, um posto de honra, como é natural.

Um dos convidados era um cortesão que estava muito enciumado com o grande descobridor. E, quando teve a oportunidade, dirigiu-se a ele e lhe perguntou de uma forma um tanto impertinente:

- Se você não tivesse descoberto a América, por acaso não existem outros homens na Espanha que poderiam fazê-lo?

Colombo preferiu não responder diretamente àquele homem. Levantou-se, pegou um ovo de galinha e convidou a todos os presentes que tentassem colocá-lo de forma que se mantivesse em pé sobre um dos seus extremos.

A ocorrência teve bastante aceitação. Quase todos os presentes entraram logo naquele jogo e tentaram, um após o outro, ante o olhar atento dos demais, uns com mais outros com menos convicção. Mas passava o tempo e ninguém conseguia descobrir uma maneira de conseguir que aquele ovo mantivesse o equilíbrio.

Finalmente Colombo se pôs em pé, com ar solene, se aproximou, pegou o ovo e o bateu levemente contra a superfície da mesa até que quebrou um pouco da casca de uma das pontas e graças a este pequeno achatamento o ovo se manteve perfeitamente na posição vertical.

- Claro que desta maneira qualquer um pode faze-lo! - objetou um pouco alterado, o cortesão.

- Sim, qualquer um, mas qualquer um ao que se lhe tivesse ocorrido fazê-lo.


Os sábios herdarão honra. Provérbios 3.35


Pastor Iloir Silva
pr.iloir@yahoo.com.br

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Eu quero ser uma televisão

Oração de uma criança:

- Papai do céu, eu quero ser uma televisão, por causa dos meus pais.

O Senhor precisa ver como eles tem paciência com ela, mesmo quando chegam em casa cansados do trabalho. Mas comigo, não. Vão logo dando bronca.

Os olhinhos da minha mãe até brilham quando ela está assistindo suas novelas. É lindo de ver. Eu quero que ela olhe assim pra mim também.

Quando estamos conversando e as propagandas acabam, meu pai corta a nossa conversa no meio, mas nunca, nunca mesmo, ele pára de ver seu futebol para conversar comigo.

Eles nunca tem tempo pra brincar ou passear comigo, mas gastam horas vendo televisão.

Por favor, Papai do céu, me transforme numa televisão. Daí todo mundo vai ficar feliz aqui em casa.
Muito obrigado. Amém!


Mas, se alguém não cuida dos seus, e especialmente dos da sua família, tem negado a fé, e é pior que um incrédulo.I Timóteo 5.8


Pastor Iloir Silva
pr.iloir@yahoo.com.br

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

7 Passos para alcançar sua vitória

Texto: 2 Reis 4.1-7

INTRODUÇÃO:

Muitas pessoas buscam em Deus solução para seus problemas, já ouvimos dizer o grande ditado: "Não diga para Deus o tamanho do seu problema, mas diga para o problema o tamanho do seu Deus". Porém, de uma forma ou de outra, nos deparamos com problemas em nossa caminhada, e ao elevar nossos olhos diante destes "montes", buscamos corretamente o socorro apenas no Senhor. Apesar de sabermos que Deus pode resolver qualquer problema, muitas vezes ficamos esperando no Senhor, mas ignorantes da atitude que devemos tomar junto a Deus para que a solução venha mais rápido sobre nossa vida.

Veremos nesta mensagem, como proceder para alcançar de forma eficiente a vitória em nossas vidas.

1- IDENTIFIQUE O PROBLEMA: verso 1

Você poderia dizer: "O problema é financeiro", porém identificar é algo um pouco mais profundo. Entenda porque você está sem dinheiro; qual foi o erro que você cometeu, ou a situação que enfrentou para passar por esta situação. "Renove-o entendimento, para experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." Rm 12.

O problema da viúva era: Apesar de crentes, eles tinham dívidas e compromissos financeiros, mas com a morte de seu marido, a única forma de pagar era com a vida de seus dois filhos. Obs: Deus visita a maldade dos pais nos filhos. Muitas vezes nossos filhos pagam pelo erro que
cometemos. Ela sabia muito bem o problema que estava enfrentando, e sabia também o que haveria de enfrentar pela frente, porém mesmo assim confiou no Senhor.

2- SEJA SINCERO COM DEUS E CONSIGO MESMO: verso 2

Eliseu não tinha imediatamente a solução para o problema da viúva, e ele respondeu a ela com uma pergunta: "Que te hei de fazer?". Em outras palavras Eliseu estava dizendo: "Meu Deus, o que eu vou fazer agora?". Com uma oração sincera, como que falando sozinho, Eliseu apresenta a situação a Deus, pois ao ver o problema da viúva, não visualizou uma solução imediata para a mesma. É uma atitude sábia agir com sinceridade diante de Deus. Não é errado ter dúvida, não é errado ter este tipo de insegurança, desde que nos apeguemos ao Senhor buscando resposta e segurança no mesmo.

3- OFEREÇA PARA DEUS O QUE VOCÊ TEM EM MÃOS: verso 2b

A viúva não tinha muito nas mãos. Apenas uma botija com azeite. Diante da pergunta do profeta, ela poderia responder: "Não tenho nada, senhor". Talvez ela pudesse pensar: "Ah, não vou dizer que tenho só o azeite, pois não valerá de nada" Seria um lamentável engano; devemos valorizar o que Deus tem nos dado, por menor que pareça para nós. Com pequenas coisas em mãos, os servos de Deus fizeram maravilhas tremendas:

I Samuel 17:40 - Davi ao enfrentar Golias, tinha na mão, uma funda e algumas pedras, com elas, venceu o gigante Golias, que durante muitos dias, afrontava o povo de Deus.

Juízes 7:16 - Gideão tinha uma trombeta e foi ela, que usou para conclamar o exército de Israel, para a batalha.

Juízes 15:15 - Sansão tinha um osso e com ele feriu mais de mil filisteus.

Neemias 2:1-2 - Neemias tinha um copo e com ele, aproximou se do rei e conseguiu permissão para reconstruir Jerusalém.

II Reis 2:08 - Elias tinha um manto e com ele abriu caminho no rio Jordão.

Atos 4:36 - Barnabé tinha um terreno, que vendeu para ajudar aos pobres.

Atos 9:36 - Dorcas tinha uma agulha, que usou para fazer roupas, para os necessitados.

João 6:9 - Um rapaz, tinha cinco pães e dois peixinhos, que serviu para alimentar uma multidão.

E você amado, O que têm nas mãos?

4- APRENDA A RECEBER AJUDA DOS OUTROS: verso 3

ILUSTRAÇÃO HELICÓPTERO: "Houve uma grande enchente na cidade, e todas as casas foram encobertas pela água. Um crente subiu no alto de uma torre e orou a Deus pedindo salvação, temendo a morte. Veio um espírita em um barco e ofereceu ajuda, mas ele disse: Deus me ajudará! Depois veio um ateu, em uma lancha, mas ele rejeitou a ajuda, esperando em Deus. Por final veio um muçulmano em um helicóptero mas ele negou ajuda. Por fim o crente morreu afogado. Ao chegar no céu ele perguntou a Deus: Senhor, fui fiel a ti, onde estava a ajuda??? Deus disse: Homem, eu mandei até helicóptero para te ajudar e você desprezou!"

Devemos aprender a entender os sinais de Deus, e saber que ele usa tudo e todos, para nos ajudar a sair de uma provação. Muitas vezes, um colega de trabalho ou até um estranho na rua nos dá a resposta que esperamos de Deus, e desprezamos.

ILUSTRAÇÃO DA SENHORA COM FOME: "Uma senhora cristã estava passando necessidades e todos os dias orava bem alto, em sua casa, para que Deus mandasse alimento. Uns jovens brincalhões compraram alimentos para aquela anciã e ao entregar disseram: Foi o diabo que mandou para a senhora! Ela disse: Glórias a Deus, pois Deus usa até o diabo, para servir ao crente fiel!"

5- NÃO PERCA SUA INTIMIDADE: verso 4

Não é porque os vizinhos ajudaram a viúva, que eles poderiam se meter na vida pessoal dela.
É natural durante um problema, acabarmos expondo nossa necessidade para todos ao nosso redor; não diga seu problema para aqueles que não podem te ajudar. Não é uma atitude sábia, chegar na igreja com a aparência de sofredor, de coitadinho. Crente que se faz de vítima no meio dos irmãos, impede a bênção de Deus sobre sua vida. Durante o momento da multiplicação, a viúva estava sozinha, trancada em seu quarto. Observe que nem o profeta ficou com ela naquele momento.

Outra coisa que aprendemos é que ela não dependeu do profeta para multiplicar o azeite. Deus usou suas próprias mãos, que maravilha!

6- ESTEJA PRONTO PARA RECEBER MAIS DE DEUS: verso 6

A viúva queria continuar enchendo as vasilhas, porém não havia mais vasilha para encher. Tem crente que se contenta com pouco. "Eu só queria um fusquinha mesmo, para me locomover..."Para alcançar as preciosas vitórias de Deus, que é dono do ouro e da prata, é necessário ter fé; ter um espírito empreendedor e conquistador, sempre pronto a novos desafios.

7- ENTENDA PORQUE DEUS TE ABENÇOOU: verso 7

Deus não cura uma doença só por curar... pois afinal, mais cedo ou mais tarde a morte virá mesmo. Deus não faz um milagre só por fazer. A fidelidade a Deus também consiste em voltar a Deus com a bênção, e perguntar: Que queres que eu faça agora que adquiri minha vitória. Abraão recebeu Isaque, mas Deus o pediu em sacrifício. Abraão foi provado; será que você vai passar pela prova da fidelidade a Deus, após alcançar sua vitória?

CONCLUSÃO:

Certamente Deus tem uma vitória garantida para a vida de todo crente fiel que espera Nele. Esteja orando ao Senhor, pedindo que as janelas se abram sobre sua vida, e receba a providência de Deus. Mas, que este estudo seja uma clara orientação de como proceder, quando finalmente Deus vier com a providência sobre sua vida.

Pastor Iloir Silva
pr.iloir@yahoo.com.br

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

A cidade dos buracos

Era uma vez uma cidade inteirinha habitada por Buracos. Nenhuma pessoa. Só Buracos.

Os Buracos mais ricos se enfeitavam com amuradas de granito, de mármore ou de azulejos, e os mais pobres, de tijolos ou de cerquinhas de madeira.

Havia muita competição entre eles, até que um certo dia um Buraco-Pensador lhes ensinou: O IMPORTANTE É O INTERIOR E NÃO O EXTERIOR!!

E os Buracos começaram a se encher de ouro, prata, jóias, eletrodomésticos, carros, lanchas, etc., a tal ponto que não cabia mais nada.

Para solucionar o problema de espaço, começaram a se alargar, mas logo perceberam que se todos fizessem o mesmo, em pouco tempo a cidade iria entrar em guerra civil, pois nenhum buraco queria ser engolido por outro.

Então, ocorreu a um deles uma solução de como aumentar a capacidade dos Buracos sem que eles precisassem se alargar: - Basta se tornar mais profundo, disse ele, num lampejo de bom senso.

No entanto, para se aprofundar, os Buracos teriam primeiro que se livrar de suas quinquilharias.

O mais resolvido deles decidiu tentar. A princípio teve medo do vazio que iria sentir, mas quando conscientizou-se de que não existia outra maneira de solucionar o problema, decidiu abrir mão de tudo que tinha.

Então, uma coisa engraçada aconteceu. Quando voltou a chover na cidade, aquele Buraco que tinha se aprofundado mais que os outros foi capaz de armazenar água por um longo período, ao passo que os demais perdiam-na rapidamente, por serem muito rasos. Então, o Buraco com água começou a ser chamado de Poço. Ele era o único Poço numa terra de Buracos secos.

Logo muitos também queriam ter água, mas poucos estavam dispostos a se desprender de seus bens materiais.

Quando um segundo e um terceiro Buraco também conseguiram se aprofundar e armazenar água, aquele cantinho da cidade foi carinhosamente apelidado de OÁSIS.

Os Buracos que não queriam se livrar de seus bens partiram pra zombaria contra os Poços, dizendo que eles tinham água na cabeça, mas, a bem da verdade, em toda a cidade, somente lá no OÁSIS havia árvores, bichos e passarinhos.


Por esta razão dobro os meus joelhos perante o Pai... para que vos conceda que sejais robustecidos com poder pelo seu Espírito no homem interior. Efésios 3.14-16


pr.iloir@yahoo.com.br

sábado, 6 de novembro de 2010

JESUS NOS ENSINA A FAZER TUDO ESPLENDIDAMENTE BEM

Se realmente queremos cumprir a nossa missão na vida com excelência, precisamos ter as mesmas ATITUDES de Jesus.

1. Jesus se envolvia com a aflição dos aflitos - Atitude: Envolvimento.

· Ele ouviu a súplica dos suplicantes.
· Ele conversou com eles em particular.
· Ele, literalmente, pegou o cego em suas mãos, botou “a mão na massa” ("comprou" o problema dele).

Se envolver com a igreja e com a religião é fácil e, muitas vezes, até gostoso.

Envolver-se com os problemas dos outros, é algo bem diferente, difícil, mas é o que Deus espera de nós (Leia Mateus 25.31-46).

2. Jesus buscava forças no Pai - Atitude: Dependência de Deus.

· Olhou para o céu.

Forças, depois de um dia de trabalho, de uma semana cansativa.
Forças para carregar a sua própria cruz.
Forças para ajudar a carregar a cruz do outro.
Força (poder) para fazer a obra, cumprir sua missão.

"Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece" – Filipenses 4.13. Muita gente usa este versículo para dizer que pode tudo (ter carro e casa nova, por exemplo) mas nunca pensam em ajudar os aflitos. Alegam que podem tudo, menos ser útil, ser bênção para os outros, ser como Cristo.

3. Jesus amava as pessoas - Atitude: Amor

· Suspirou de amor e compaixão (por isso o Pai sempre ouvia as suas orações).
· Curou o surdo (que imediatamente também começou a falar).
. Poder e autoridade sobre os demônios e as enfermidades – Mt 10.1

E para atender ao pobre e necessitado (ex.: multiplicação dos pães), visitar os enfermos e os presos etc.

Determinação e amor ao próximo.

Conclusão

Se queremos fazer uma obra esplendidamente bem, temos que ter as mesmas atitudes de Jesus:
Envolver-se com a aflição dos aflitos, pedir forças ao Pai e suspirar de amor e compaixão pelos que sofrem.

pr.iloir@yahoo.com.br